O que é um site otimizado? Entenda, não é apenas SEO.

Você aprendeu errado: site otimizado não é apenas SEO.

Nos últimos tempos muito tem se falado em otimização de sites, onde o UX Design está super em alta. Apesar disso, vejo muitos devs confundindo o termo “site otimizado” com sites que apenas focam em SEO, ou seja, “otimizado para motores de buscas”.

Entenda, SEO é importante sim, e muito — mas é apenas uma parte do pacote.

Definição sobre otimização de sites:

Apesar da definição, eu acho muito difícil distinguir todas as variadas partes constituintes da otimização de um site — há muitas delas.

Na verdade, esse assunto é tão complicado que envolve várias profissões e habilidades necessárias para resultar num site totalmente otimizado, mas tentarei resumir de forma clara.

Do design ao desenvolvimento, do marketing ao SEO, veja com detalhes cada otimização a ser implementada:

1. Design — Principal fator na credibilidade

Toda a interface do site — incluindo o conteúdo, a aparência e a maneira como ele funciona — é determinada pelo design.

No processo de otimização muitos fatores precisam ser levados em conta. O posicionamento da identidade da empresa precisa ser feito de forma que não fique mais do mesmo, ou seja, igual suas concorrentes, mas que também não vire um circo para chamar a atenção.

A otimização do design é feita após um profundo estudo do que está em alta e relevante, para que possa ser implementado pela empresa. Atualmente (2019) posso dar como exemplo o uso do flat — que ainda está trendando — tanto quanto as ilustrações surreais, o design abstrato, o vintage, etc.

Mas lembre-se que o foco é a identidade da empresa, essas serão apenas ferramentas a serem implementadas em conjunto do branding original.

Por isso que sites pré-moldados são automaticamente eliminados no fator da otimização — é preciso que a empresa tenha um site e não o contrário.

2. Sistema — Foco no UX

A plataforma que será criada, hospedagem compatível, domínio memorável, esses são uns dos fatores no setor de desenvolvimento — a linguagem de programação é apenas a ferramenta a ser usada.

A otimização do sistema só é realizada com um design otimizado. Entenda, não faz sentido o site ter efeitos e coisas bonitinhas chamativas sem um porquê de tal realização. Tudo precisa ser pensado na experiência do usuário, o comando que ele irá realizar terá tal processo para adquirir tal resultado. Lembre-se do método definido para alcançar a série de metas pré-definidas.

Também é aprimorado os fatores de SEO — como a velocidade que a página irá carregar, como ela será vista nos dispositivos móveis, os erros de performance, essas coisas todas que você já sabe.

O sistema a ser desenvolvido só é considerado otimizado se ele contar com uma experiência de usuário perfeita. Além disso, é preciso chamar atenção dos visitantes na exibição do conteúdo, de forma que atinja as metas pré-definidas.

3. Marketing — Resultados

Com a chegada das mídias sociais, o processo de divulgação de sites otimizados ficou bem mais fácil. É imprescindível o uso das mesmas no marketing do sistema. Tanto pelas API’s que podem ser implementadas, quanto no uso da criação de conteúdo relevante.

A otimização é feita, principalmente, através do Inbound Marketing. Não é uma regra mas é a forma mais fácil que a maioria das empresas tem conseguido resultados rápidos. Também existem as Landing Pages e o PhP Marketing — porém devo ressaltar que já estão bem irrelevantes, onde é necessário estudar o público da empresa para checar a viabilidade.

O SEO é novamente otimizado nessa categoria pois é preciso configurar como o sistema irá aparecer em determinadas redes pelos links compartilhados. Além disso, apesar da Google falhar com sua própria rede social ela continua sendo a ferramenta mais importante para divulgar os sites, seja através de Ads ou organicamente.

Um marketing otimizado é aquele que, novamente, é preciso pensar em cada aspecto na experiência do usuário: como ele irá conhecer o site, através do que, para fazer o que, resultando em que.

Concluindo

Um site otimizado nada mais é que uma forma de divulgação da empresa — seja ela mesma, um produto ou serviço — de forma que dê resultados reais. O SEO é sim muito importante, mas ele é apenas uma das ferramentas a serem usadas.

E aí, ficou com alguma dúvida? Comente!

Se você é novo aqui, saiba que o conteúdo citado neste post — como otimização de design, desenvolvimento, marketing — é o foco do meu blog. Dá uma conferida, é só clicar no meu perfil aqui no Medium.

Até a próxima 😀

Após anos de experiência em criação web, resolvi compartilhar dicas sobre a carreira em uma agência de desenvolvimento. — https://studioromes.com

Após anos de experiência em criação web, resolvi compartilhar dicas sobre a carreira em uma agência de desenvolvimento. — https://studioromes.com